Cerimónia®

Cerimónia®

Tipo
Fungicidas
Composição
Difenoconazol 23.6% (=250 g/l). Contém: nafta de petróleo (petróleo), aromática pesada.
Família Química
Triazol
Tipo de Formulação
Concentrado para emulsão (EC)
Número de Registo
AV 0306
Embalagem
1 l,5 l
Il s'agit d'un contenu exclusif réservé aux membres du site ASCENZA.
Ficha técnica
41.92KB
Open Download
Il s'agit d'un contenu exclusif réservé aux membres du site ASCENZA.
Ficha de Dados de Segurança
196.51KB
Open Download
Informação Toxicológica
Perigo
Environmental Hazard
Harmful
Health Hazard

Para mais informações consulte a Ficha de Dados de Segurança.

Em caso de intoxicação contacte o Centro de Informação Antivenenos (CIAV), telefone nº 800 250 250.

Descrição do Produto
Resumo

CERIMÓNIA® é um fungicida sistémico com atividade preventiva e curativa, atua por inibição da demetilação na biossíntese dos esteróis (DMI) e é da família dos triazóis.

Características principais

- CERIMÓNIA® é um fungicida da família dos triazóis com elevado poder curativo e preventivo sobre o pedrado da macieira e pereira.
- É ainda eficaz sobre o oídio e apresenta ação secundária sobre a estenfiliose.
- A sua elevada capacidade curativa, posicionam-no entre os fungicidas anti-pedrado com maior poder curativo.
- Resistência à lavagem - É rapidamente absorvido permitindo que não seja necessário repetir o tratamento caso ocorra precipitação 2 h após a sua aplicação.

Observações

- Apresenta uma persistência biológica de 10-12 dias, dependente de vários fatores, tais como, cultura e condições climatéricas.
- É um fungicida compatível com a aplicação de óleos nos tratamentos inseticidas.

Informações Complementares

- Numa estratégia anti-resistências, não aplicar este produto ou qualquer outro que contenha DMI, mais de 4 tratamentos anuais em pereira e macieira; 3 aplicações em aipo, ameixeira,couves de flor,couve brócolo, couves de repolho, espargo, nabo, rutabaga e tomateiro; 3 em beterraba, cenoura, colza, damasqueiro, pastinaca, pessegueiro e videira; 1 em chicória e roseira, no conjunto de doenças.
- A mistura do CERIMÓNIA® com fungicidas preventivos de contacto amplia a sua persistência de ação, assim como reduz a probabilidade de desenvolvimento de resistências.
- Não se deve aplicar este produto em locais onde se verifiquem quebras de eficácia após aplicações repetidas deste produto ou de outros com o mesmo modo de ação.
- As concentrações referidas destinam-se a pulverizações em alto volume. No caso de aplicações a médio ou baixo volume (turbinas ou atomizadores) dever-se-ão aumentar as concentrações de forma a que a quantidade de produto a aplicar por hectare seja a mesma que no alto volume.
- Para mais informações consulte a Ficha de Dados de Segurança do produto.
- Os produtos fitofarmacêuticos (PFF) homologados em Portugal podem ser utilizados em proteção integrada (PI), não existindo uma lista de PFF’s recomendados especificamente para esse efeito. A escolha do PFF deve ter, obrigatoriamente, em consideração a aplicação dos princípios gerais da PI e as normas definidas para a cultura.

Marca comercial

ASCENZA

Sobre a aplicação
Modo de Aplicação

Calibrar corretamente o equipamento, para o volume de calda gasto por ha, de acordo com o débito do pulverizador (L/min), da velocidade e largura de trabalho(distância entrelinhas) com especial cuidado na uniformidade da distribuição de calda.

A quantidade de produto e o volume de calda devem ser adequados à área de aplicação, respeitando as concentrações/doses indicadas.

Nas fases iniciais de desenvolvimento das culturas aplicar a calda à concentração indicada. Em pleno desenvolvimento vegetativo, adicionar a quantidade de produto proporcionalmente ao volume de água distribuído por ha, pelo pulverizador, de forma a respeitar a dose.

Modo de preparação

Na preparação da calda deitar metade do volume de água adequado para a pulverização prevista. Deitar a quantidade de produto necessária e completar o volume de água pretendido, assegurando agitação continua.

Precauções biológicas
  • Para evitar o desenvolvimento de resistências não aplicar, este produto ou qualquer outro que contenha DMI, mais de 4 tratamentos anuais em pereira e macieira; 3 aplicações em aipo, ameixeira, couves de flor, couve brócolo, couves de repolho, espargo, nabo, rutabaga e tomateiro; 2 em beterraba, cenoura, colza, damasqueiro, pastinaca, pessegueiro e videira; 1 em chicória e roseira, no conjunto das doenças.
  • Alternar com fungicidas, com diferente modo de ação.
  • Não se deve aplicar este produto em locais onde se verifiquem quebras de eficácia após aplicações repetidas deste produto ou de outros do mesmo grupo (DMI).
Intervalo de segurança

7 dias em tomateiro (ar livre); 14 dias em aipo (ar livre), beterraba de mesa, cenoura, couve-brócolo, couve-flor, damasqueiro, macieira, nabo, pastinaca, pessegueiro (incluindo nectarinas), pereira e rutabaga; 21 dias em beterraba, chicória, couves-de-repolho e videira; 56 dias em colza.

Aplicações por cultura
Aipo
Problemas
Septoriose
Dose
0.5L/ha
Observações
Aplicar de acordo com o Serviço Nacional de Avisos Agrícolas ou aplicar ao aparecimento da doença. Número máximo de aplicações: 3 (intervalo mínimo entre aplicações 14 dias). Volume de calda: 200 a 1000 L/ha
Ameixeira
Problemas
Moniliose
Dose
0.02L/hL
Observações
Realizar duas aplicações durante a floração (20% botão rosa ou branco e 20% de flores abertas). Número máximo de aplicações: 2; 3 na ameixeira (intervalo mínimo entre aplicações 7 dias). Volume de calda: 200 a 1000 L/ha
Beterraba
Problemas
Ferrugem
Dose
0.5L/ha
Observações
Beterraba de mesa Aplicar de acordo com o Serviço Nacional de Avisos Agrícolas ou aplicar ao aparecimento da doença. Número máximo de aplicações: 2 (intervalo mínimo entre aplicações 14 dias). Volume de calda: 200 a 1000 L/ha
Beterraba Forrageira
Problemas
Ferrugem
Dose
0.5L/ha
Observações
Beterraba forrageira (ar livre) Aplicar de acordo com o Serviço Nacional de Avisos Agrícolas ou aplicar ao aparecimento da doença. Número máximo de aplicações: 2 (intervalo mínimo entre aplicações 14 dias). Volume de calda: 200 a 1000 L/ha
Cenoura
Problemas
Alternariose
Dose
0.5L/ha
Observações
Aplicar de acordo com o Serviço Nacional de Avisos Agrícolas ou aplicar ao aparecimento da doença. Número máximo de aplicações: 3 (intervalo mínimo entre aplicações 14 dias). Volume de calda: 200 a 1000 L/ha
Problemas
Oídio
Dose
0.5L/ha
Observações
Aplicar de acordo com o Serviço Nacional de Avisos Agrícolas ou aplicar ao aparecimento da doença. Número máximo de aplicações: 3 (intervalo mínimo entre aplicações 14 dias). Volume de calda: 200 a 1000 L/ha
Chicória
Problemas
Ferrugem
Dose
0.5L/ha
Observações
Chicória (raízes) (ar livre) Aplicar de acordo com o Serviço Nacional de Avisos Agrícolas ou aplicar ao aparecimento da doença. Número máximo de aplicações: 1. Volume de calda: 200 a 1000 L/ha
Colza
Problemas
Alternariose
Dose
0.5L/ha
Observações
Colza (ar livre) Tratar a partir do estado BBCH 19. Número máximo de aplicações: 2 (intervalo mínimo entre aplicações 18 dias). Volume de calda: 100 a 400 L/ha
Problemas
Esclerotinia
Dose
0.5L/ha
Observações
Colza (ar livre) Tratar a partir do estado BBCH 19. Número máximo de aplicações: 2 (intervalo mínimo entre aplicações 18 dias). Volume de calda: 100 a 400 L/ha
Couve-brócolo
Problemas
Alternaria
Dose
0.5L/ha
Observações
Aplicar de acordo com o Serviço Nacional de Avisos Agrícolas ou aplicar ao aparecimento da doença. Número máximo de aplicações: 3 (intervalo mínimo entre aplicações 14 dias). Volume de calda: 200 a 1000 L/ha
Problemas
Doença das manchas negras
Dose
0.5L/ha
Observações
Aplicar de acordo com o Serviço Nacional de Avisos Agrícolas ou aplicar ao aparecimento da doença. Número máximo de aplicações: 3 (intervalo mínimo entre aplicações 14 dias). Volume de calda: 200 a 1000 L/ha
Couve-flor
Problemas
Alternaria
Dose
0.5L/ha
Observações
Aplicar de acordo com o Serviço Nacional de Avisos Agrícolas ou aplicar ao aparecimento da doença. Número máximo de aplicações: 3 (intervalo mínimo entre aplicações 14 dias). Volume de calda: 200 a 1000 L/ha
Problemas
Doença das manchas negras
Dose
0.5L/ha
Observações
Aplicar de acordo com o Serviço Nacional de Avisos Agrícolas ou aplicar ao aparecimento da doença. Número máximo de aplicações: 3 (intervalo mínimo entre aplicações 14 dias). Volume de calda: 200 a 1000 L/ha
Couve-repolho
Problemas
Alternaria
Dose
0.5L/ha
Observações
Aplicar de acordo com o Serviço Nacional de Avisos Agrícolas ou aplicar ao aparecimento da doença. Número máximo de aplicações: 3 (intervalo mínimo entre aplicações 14 dias). Volume de calda: 200 a 1000 L/ha
Problemas
Doença das manchas negras
Dose
0.5L/ha
Observações
Aplicar de acordo com o Serviço Nacional de Avisos Agrícolas ou aplicar ao aparecimento da doença. Número máximo de aplicações: 3 (intervalo mínimo entre aplicações 14 dias). Volume de calda: 200 a 1000 L/ha
Damasqueiro
Problemas
Moniliose
Dose
0.02L/hL
Observações
Realizar duas aplicações (estado D, plena floração e/ou queda das pétalas ou 7 dias após o 2º tratamento). Número máximo de aplicações: 2 (intervalo mínimo entre aplicações 7 dias). Volume de calda: 200 a 1000 L/ha
Problemas
Oídio
Dose
0.02L/hL
Observações
Tratar em caso de situações favoráveis ao aparecimento de oídio, a partir de 7-8 mm de diâmetro dos frutos. Número máximo de aplicações: 2 (intervalo mínimo entre aplicações 7 dias). Volume de calda: 200 a 1000 L/ha
Espargos
Problemas
Estenfiliose
Dose
0.5L/ha
Observações
Espargos (ar livre) Aplicar em pós colheita a partir do estado BBCH 39. Número máximo de aplicações: 3 (intervalo mínimo entre aplicações 14 dias). Volume de calda: 200 a 1000 L/ha
Problemas
Ferrugem
Dose
0.5L/ha
Observações
Espargos (ar livre) Aplicar em pós colheita a partir do estado BBCH 39. Número máximo de aplicações: 3 (intervalo mínimo entre aplicações 14 dias). Volume de calda: 200 a 1000 L/ha
Macieira
Problemas
Oídio
Dose
15mL/hL
Observações
Seguir as indicações do Serviço Nacional de Avisos Agrícolas. Na sua ausência, aplicar preventivamente desde o aparecimento da ponta verde e em condições favoráveis ao desenvolvimento da doença. A persistência biológica do produto é de 10-12 dias. Realizar no máximo 4 tratamentos anuais, com este ou outro fungicida do grupo DMI, no conjunto das doenças. Volume de calda: 200 a 1000 L/ha.
Problemas
Pedrado (Venturia inaequallis)
Dose
15mL/hL
Observações
Seguir as indicações do Serviço Nacional de Avisos Agrícolas. Na sua ausência, aplicar preventivamente desde o aparecimento da ponta verde e em condições favoráveis ao desenvolvimento da doença. A persistência biológica do produto é de 10-12 dias. Realizar no máximo 4 tratamentos anuais, com este ou outro fungicida do grupo DMI, no conjunto das doenças. Volume de calda: 200 a 1000L/ha.
Nabo
Problemas
Alternariose
Dose
0.5L/ha
Observações
Aplicar de acordo com o Serviço Nacional de Avisos Agrícolas ou aplicar ao aparecimento da doença. Número máximo de aplicações: 3 (intervalo mínimo entre aplicações 14 dias). Volume de calda: 200 a 1000 L/ha
Nectarina
Problemas
Moniliose
Dose
0.02L/hL
Observações
Realizar duas aplicações durante a floração (20% botão rosa ou branco e 20% de flores abertas). Número máximo de aplicações: 2; 3 na ameixeira (intervalo mínimo entre aplicações 7 dias). Volume de calda: 200 a 1000 L/ha.
Problemas
Oídio
Dose
0.02L/hL
Observações
Tratar em caso de situações favoráveis ao aparecimento de oídio, a partir de 7-8 mm de diâmetro dos frutos. Número máximo de aplicações: 2 (intervalo mínimo entre aplicações 7 dias). Volume de calda: 200 a 1000 L/ha
Pastinaca
Problemas
Alternariose
Dose
0.5L/ha
Observações
Aplicar de acordo com o Serviço Nacional de Avisos Agrícolas ou aplicar ao aparecimento da doença. Número máximo de aplicações: 3 (intervalo mínimo entre aplicações 14 dias). Volume de calda: 200 a 1000 L/ha
Problemas
Oídio
Dose
0.5L/ha
Observações
Aplicar de acordo com o Serviço Nacional de Avisos Agrícolas ou aplicar ao aparecimento da doença. Número máximo de aplicações: 3 (intervalo mínimo entre aplicações 14 dias). Volume de calda: 200 a 1000 L/ha
Pereira
Problemas
Pedrado (Venturia pyrina)
Dose
15mL/hL
Observações
Seguir as indicações do Serviço Nacional de Avisos Agrícolas. Na sua ausência, aplicar preventivamente desde o aparecimento da ponta verde e em condições favoráveis ao desenvolvimento da doença. A persistência biológica do produto é de 10-12 dias. Realizar no máximo 4 tratamentos anuais, com este ou outro fungicida do grupo DMI, no conjunto das doenças. Volume de calda: 200 a 1000 L/ha.
Pessegueiro
Problemas
Moniliose
Dose
0.02L/hL
Observações
Realizar duas aplicações durante a floração (20% botão rosa ou branco e 20% de flores abertas). Número máximo de aplicações: 2; 3 na ameixeira (intervalo mínimo entre aplicações 7 dias). Volume de calda: 200 a 1000 L/ha
Problemas
Oídio
Dose
0.02L/hL
Observações
Tratar em caso de situações favoráveis ao aparecimento de oídio, a partir de 7-8 mm de diâmetro dos frutos. Número máximo de aplicações: 2 (intervalo mínimo entre aplicações 7 dias). Volume de calda: 200 a 1000 L/ha
Roseira
Problemas
Doença das manchas negras
Dose
0.1L/ha
Observações
Roseira (ar livre e estufa) Aplicar de acordo com oServiço Nacional de Avisos Agrícolas ou aplicar ao aparecimento da doença. Número máximo de aplicações: 1. Volume de calda: 200 a 1000 L/ha
Problemas
Ferrugem
Dose
0.1L/ha
Observações
Roseira (ar livre e estufa) Aplicar de acordo com oServiço Nacional de Avisos Agrícolas ou aplicar ao aparecimento da doença. Número máximo de aplicações: 1. Volume de calda: 200 a 1000 L/ha
Problemas
Oídio
Dose
0.1L/ha
Observações
Roseira (ar livre e estufa) Aplicar de acordo com oServiço Nacional de Avisos Agrícolas ou aplicar ao aparecimento da doença. Número máximo de aplicações: 1. Volume de calda: 200 a 1000 L/ha
Rutabaga
Problemas
Alternariose
Dose
0.5L/ha
Observações
Rutabaga (ar livre) Aplicar de acordo com o Serviço Nacional de Avisos Agrícolas ou aplicar ao aparecimento da doença. Número máximo de aplicações: 3 (intervalo mínimo entre aplicações 14 dias). Volume de calda: 200 a 1000 L/ha
Tomateiro
Problemas
Alternariose
Dose
0.5L/ha
Observações
Tomateiro (ar livre) Aplicar de acordo com o Serviço Nacional de Avisos Agrícolas. Na sua ausência, aplicar no fim da floração, quando os primeiros frutos estão maduros, repetindo 10 dias depois. Número máximo de aplicações: 3 (intervalo mínimo entre aplicações 14 dias). Volume de calda: 200 a 1000 L/ha
Videira
Problemas
Black-rot
Dose
0.12L/ha
Observações
Realizar os tratamentos de acordo com o Serviço Nacional de Avisos Agrícolas. Na sua ausência iniciar as aplicações no estado de cachos visíveis e repetir as aplicações com intervalos de 2 semanas, até ao fecho dos cachos. As aplicações realizadas a partir do bago de chumbo deverão dirigir-se especialmente aos cachos para uma melhor proteção. Número máximo de aplicações: 2 (intervalo mínimo entre aplicações 10 dias). Volume de calda: 200 a 1000 L/ha
Problemas
Oídio
Dose
0.12L/ha
Observações
Realizar os tratamentos de acordo com o Serviço Nacional de Avisos Agrícolas. Na sua ausência iniciar as aplicações no estado de cachos visíveis e repetir as aplicações com intervalos de 2 semanas, até ao fecho dos cachos. As aplicações realizadas a partir do bago de chumbo deverão dirigir-se especialmente aos cachos para uma melhor proteção. Número máximo de aplicações: 2 (intervalo mínimo entre aplicações 10 dias). Volume de calda: 200 a 1000 L/ha